-

Por confusão em avião, brasileiro pode pegar 20 anos de prisão


american airlines
Brasileiro folgado tenta viajar de primeira classe pagando a econômica
Miami, EUA - Um brasileiro pode ser condenado a 20 anos de prisão nos Estados Unidos por envolver-se em uma confusão com a tripulação de um voo de São Paulo a Miami. De acordo com testemunhas, o passageiro tentou, a todo custo, viajar de primeira classe. Após ser controlado pela tripulação, o homem teve de se contentar em viajar algemado para os Estados Unidos.
De acordo com as queixas prestadas pela companhia à polícia, o passageiro Rodrigo Pérez Figueiras teria intimidado a tripulação e alterado o plano de voo - por causa de sua atitude suspeita.
Conforme um jornal brasileiro, o incidente teria ocorrido em 5 de novembro, durante um voo da American Airlines. O passageiro brasileiro, que viajava na classe econômica, se sentou várias vezes em uma poltrona da primeira classe, apesar de os funcionários da companhia terem chamado a sua atenção.

Passageiros ajudaram a tripulação para controlar o brasileiro
De acordo com o Terra Brasil, o brasileiro teria, até mesmo, tentado morder um membro da tripulação. Com a ajuda do capitão e de alguns passageiros, a situação foi controlada e Rodrigo algemado. Ao chegar em Miami, o brasileiro foi detido e permanece preso à espera da sua sentença.