-

Quando a vida imita a arte: Serpentes a bordo


Serpentes a bordo: não acontece apenas no cinema
Um avião da companhia aérea Egypt Air com 90 pessoas a bordo foi obrigado a fazer um pouso de emergência após um passageiro ser mordido por uma serpente durante um voo entre o Cairo e o Kuwait, informa nesta quarta-feira a rede de notícias CNN.
Segundo a CNN, um jordaniano de 48 anos conseguiu burlar a segurança aeroportuária e embarcar com uma naja egípcia escondida em sua bagagem de mão. O homem, que possui uma loja de répteis no Kuwait, controlou a serpente após ser mordido e o animal rastejar entre assentos.
Não há informações sobre o comportamento dos demais passageiros durante o incidente, mas o avião fez um pouso de emergência na cidade egípcia de Al Ghardaqa, na costa do Mar Vermelho, segundo o jornal The Jordan Times. O voo foi retomado após a serpente ser confiscada pelas autoridades.
O diário egípcio al-Masry al-Youm informou que o homem se recusou a receber tratamento médico alegando que a ferida era apenas superficial. Ele também teria se recusado a ficar 24 horas em observação em um hospital
As najas egípcias são naturais do norte da África. Segundo a CNN, especialistas em vida animal dizem que o veneno da serpente, se totalmente aplicado, pode matar um elefante adulto em três horas e uma pessoa em 15 minutos.