-

Top 10 carros mais estranhos já fabricados

Nem todo carro é agraciado com um design de encher os olhos (e esvaziar as contas bancárias) dos entusiastas da velocidade. Se você é como eu e adora as quatro rodas, confira, a seguir, a lista com os 10 carros mais estranhos já fabricados.

10. Stout Scarab - 1936


Criado por William Stout, um engenheiro de aeronaves que partiu para o design automotivo, o veículo visava integrar luxo e transporte. Era equipado com um motor V8 da Ford e teve menos de dez unidades produzidas.

9. Oeuf Électrique - 1942


O nome do veículo, em português , é Ovo Elétrico. Desenhado pelo francês Paul Arzens, a carroceria do carrinho de três rodas era feita de alumínio e moldada manualmente.

8. General Motors Firebird I XP-21 - 1953


É um carro ou um avião? A General Motors o definia como um avião de caça com quatro rodas. Para a época, o motor até que era condizente com a proposta: gerava 370 cv de potência.

7. Ferrari 512 S Modulo - 1970


Conhecido por famosas e belas obras de arte automotivas, o Estúdio Pininfarina criou o modelo especialmente para o Salão do Automóvel de Genebra de 1970.

6. Lancia Stratos HF Zero - 1970


Criado por outro famoso estúdio, o Bertone, o protótipo deu origem ao Lancia Stratos e ficava a apenas 33 cm do chão. Os ocupantes tinham que entrar pelo para-brisa.

5. Bugatti Type 57S Compétition Coupé Aerolithe - 2007


O modelo foi inspirado no original, lançado na edição de 1935 do Salão de Paris. Para recriá-lo, a Bugatti utilizou fotografias antigas e até um desenho feito com tinta a óleo.


4. Ford Speedster - 1932


O automóvel era uma criação do filho de Henry Ford, Edsel, e do designer Eugene Gregorie. Era equipado com um motor Ford V8, acionado por meio de um botão.

3. Tasco - 1948


O veículo foi produzido pela American Sports Car Company, montadora que encerrou as atividades brevemente. Com linhas mais retas, a inspiração para o design também veio de um avião utilizado na II Guerra Mundial.

2. Buick Centurion - 1956


Uma das peculiaridades do modelo era o teto e parte da carroceria transparentes com o objetivo de oferecer a maior visibilidade possível a motorista e passageiros. Haja protetor solar!

1. Cadillac Cyclone - 1959


O design frontal com traços de foguete tinha a função de um controle de cruzeiro hoje. Ao sentir a aproximação de algo ou alguém, um alarme começava a apitar e os freios eram acionados automaticamente (o que, com a tecnologia da época, devia ser um perigo). Contudo, o desenho de Batmóvel faria sucesso com os fãs do homem morcego.